Compartilhe

Direito Penal Econômico: como construir uma carreira de sucesso?

Mariana Guimarães Por: Mariana Guimarães 4 minutos

Como é o dia a dia de um especialista em Direito Penal Econômico? Como construir uma carreira de sucesso na área?

Ricardo Saadi, Liaison Officer na Europol, Delegado de Polícia Federal e Doutor em Direito Político e Econômico, constrói seu legado na repressão contra o crime organizado, recuperação de ativos e cooperação jurídica internacional.

O IDP Online entrevistou o Dr. Ricardo Saadi sobre sua carreira no Direito Penal Econômico e as oportunidades para profissionais da área. Confira o artigo e entenda os desafios da profissão!

1. Como foi a escolha pelo Direito Penal Econômico?

Dr. Ricardo Saadi conta que a entrada no Direito Penal foi por acaso. No entanto, o especialista possui duas graduações: em Direito e Economia. “Trabalhei em um escritório de advocacia, atuando na área do Direito de Família. Inclusive, fiz especialização em Direito Processual Civil”, comenta.

Com uma certa curiosidade sobre o trabalho no serviço público, o especialista prestou concurso para a Polícia Federal e foi aprovado. “Pensei que era um sinal. Resolvi entrar na Polícia Federal e, devido à minha colocação no concurso, fui para São Paulo”.

Logo depois, por ser bacharel em Economia, Saadi foi lotado na Delegacia de Repressão ao Crime Organizado e Inquéritos Especiais e tinha como atribuição investigações relacionadas à lavagem e desvio de recursos públicos. “A partir daí foi muito interessante. Fui ficando e me apaixonando pela carreira no Direito Penal Econômico”.

2. Como é o seu trabalho na prática?

“Durante meu trabalho na Polícia Federal, percebi que, atualmente, nenhuma grande organização criminosa atua em apenas um país e não há a menor possibilidade de uma investigação no Brasil ser levada a cabo, de forma efetiva, sem cooperação internacional”.

Como resultado, em 2010, Saadi foi indicado para dirigir o Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional, onde teve a oportunidade de aprender e atuar na cooperação jurídica internacional.

“Atualmente, estou na Europol, atuando diretamente na cooperação policial. Meu dia-a-dia é identificar investigações existentes em países europeus, que tenham alguma repercussão no Brasil e vice e versa”, completa. Ao identificar o interesse comum, Saadi faz a conexão entre investigadores do Brasil e Europa, incentivando uma contribuição global.

3. O que é necessário para ser um bom profissional no Direito Penal Econômico?

“Primeiramente, precisa gostar, se sentir bem ao atuar na área do Direito Penal Econômico. Segundo, tem que estar sempre se atualizando. Às vezes, uma lei não muda, mas a interpretação dela muda”, aconselha o especialista.

Para Saadi, é necessário sempre estar por dentro das discussões jurídicas, fazer cursos e acompanhar constantemente a jurisprudência. “Terceiro, ter muita disciplina e, por último, ser muito ético na sua atuação, tanto com os clientes, quanto com o Poder Público”.

Sob o mesmo ponto de vista, Saadi destaca que profissionais da área devem, acima de tudo, pensar primeiramente nos clientes, não na remuneração. “A remuneração é consequência de um trabalho bem desenvolvido”.

4. Quais oportunidades você identifica para especialistas na área?

“Vou puxar sardinha para o meu lado, mas eu acho que o Direito Penal Econômico é a grande oportunidade do momento”, diz o especialista.

Nesse sentido, Saadi comenta que, apesar da Lei nº 9.613, sobre crimes de lavagem e ocultação de bens, direitos e valores, ser do ano de 1998, ela está em alta. “Crimes contra o sistema financeiro nacional e o mercado de capitais também são muito atuais”.

“Além da persecução penal, a área preventiva tem grande importância no Direito Penal Econômico. Advogados criminalistas não precisam necessariamente trabalhar no processo criminal, também podem atuar na prevenção”, explica. A área de compliance de empresas, por exemplo, é um campo promissor e cheio de oportunidades de atuação.

5. Qual conselho você daria para quem está começando no Direito Penal?

“Acho que é um resumo de tudo que conversamos até aqui. Primeiro, somente seguir a carreira se, de fato, estiver feliz com ela. A satisfação pessoal e profissional deve estar sempre em primeiro lugar. Segundo, atuar sempre de forma ética”, destaca Saadi.

Como ser um especialista na área?

Em conclusão, como o Dr. Saadi destacou durante a entrevista, para ser um bom profissional na área é preciso não apenas se especializar, mas também procurar se atualizar sobre as leis, procurar por novos cursos e participar de discussões jurídicas atuais.

Aqui no IDP Online, estamos sempre ajudando profissionais e estudantes da área, por meio de minicursos, artigos no blog e webinars. Afinal, nosso objetivo é trabalhar a teoria conectada à prática do mundo real, o que é extremamente enriquecedor.

Gostou das dicas para se destacar no Direito Penal Econômico? Conta para a gente nos comentários o que você está fazendo para se tornar referência na área!

Mariana Guimarães é Mestranda em Direito, Pós graduada em Direito Civil e Processual Civil e graduada em Comunicação Social pela Universidade Federal de Goiás. Acompanhe o Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *